sexta-feira, 1 de julho de 2011

A Música XXI tem site renovado

A Associação Cultural Música XXI tem o seu site renovado.
Visita-o em www.acmusicaxxi.com e dá-nos a tua opinião.

sábado, 1 de janeiro de 2011

Ciclo de Concertos “Música de Pais para Filhos” em Portimão

A Música XXI tem o site renovado, visite em www.acmusicaxxi.com.

Em Fevereiro regressa o Ciclo de Concertos "Música de Pais para Filhos" a Portimão, na Biblioteca Municipal Manuel Teixeira Gomes, com sessões às 11h00 e 12h00.

As inscrições são limitadas e deverão ser efectuadas para o seguinte contacto: 282480490 (Divisão da Acção Cultural da Câmara Municipal de Portimão).

O 4.º Ciclo de Concertos "Música de Pais para Filhos" é uma organização do Município de Portimão e produção da Associação Cultural Música XXI.

Programação:
05 Fevereiro 2011 - Gonçalo Pescada (Acordeão)
05 Março 2011 - Rui Afonso (Percussões tradicionais)
02 Abril 2011 - José Alegre (Cordas Tradicionais)
07 Maio 2011 - Paulo Girão (Flauta Transversal)
04 Junho 2011 - Albano Neto (Trompete)
03 Setembro 2011 - Ana Maria Moura  (Violoncelo)
01 Outubro 2011 - Inês Rosa (Flauta de Bisel)
05 Novemb2011 - Rui Gonçalves (Violino)
03 Dezembro 2011 - Fernando Ponte (Guitarra)

Idealizada por Paulo Cunha, esta iniciativa artística/pedagógica destinada a bebés teve início em 2001. Músicos conceituados ligados à Associação Cultural Música XXI têm vindo a desenvolver um trabalho meritório no estímulo musical através da vivência e interacção com os seus diferentes instrumentos e formas de tocar.

Entre os muito objectivos destes concertos destaca-se o de, através dos filhos, cativar e motivar os pais para a importância e necessidade de os estimular de forma continuada e persistente.

Estes concertos focalizam a sua atenção nos bebés de tenra idade por se saber que é nos primeiros meses de vida que, através de audições activas e jogos musicais, se trabalham muitas competências e capacidades musicais. O contacto com todas as qualidades do som leva a que estes concertos de cerca de meia hora sejam um forte atractivo para estes futuros apreciadores de música.

Ciclo de Concertos "Histórias para Instrumentos" em Portimão

A Música XXI tem o site renovado, visite em www.acmusicaxxi.com.




As histórias para instrumentos voltam a ser protagonistas na Casa das Artes, em Portimão, com sessões às 11h00. Neste conto/concerto que a Associação Cultural Música XXI nos traz, a personagem principal da história acaba por ser o instrumento musical.

Através da sua voz (que é a música) vai comunicar connosco e com as restantes personagens destes contos. A história é original e foi escrita por cada um dos músicos intervenientes.

Porque a música também sabe contar histórias.
12 Fevereiro 2011 - Francisco Brazão (Voz) - história: "Có có ró có có... galo Inácio"
12 Março 2011 - Rui Afonso (Percussões tradicionais) - história: "Panfonia e o Silêncio"
09 Abril 2011 - Albano Neto (Trompete) - história: "O Reino dos Trompetes "
14 Maio 2011 - Inês Rosa (Flautas de Bisel) - história: "A Lagarta listada"
11 Junho 2011 - Gonçalo Pescada (Acordeão) - história: "João Valentão e o Tigre Guilherme"
10 Setembro 2011 - Rui Gonçalves (Violino) - história: "Gota de Água"
O Ciclo de Concertos "Histórias para Instrumentos" é uma organização do Município de Portimão, com produção da Associação Cultural Música XXI.
As inscrições são limitadas e deverão ser efectuadas para o seguinte contacto: 282480490 (Divisão da Acção Cultural da Câmara Municipal de Portimão).

Idealizados e planificados por Paulo Cunha, estes contos/concertos estão destinados a crianças dos 3 aos 5 anos de idade, com o objectivo de estimular o uso da música como linguagem; interligar a música ao texto e à narrativa.

Promover a inter e trans-disciplinaridade (música - drama - literatura). Estimular e reforçar a aprendizagem das várias competências adquiridas nos infantários (forma, numeração, cor, alfabeto, etc.).

Estimular a capacidade de abstracção, incentivar o gosto pelas expressões artísticas e promover a audição passiva e activa.

Ensinar a identificar morfologicamente e o timbre dos instrumentos.

Criar novos públicos na área da música, do drama e da leitura.

sábado, 18 de dezembro de 2010

MúsicA' Brincar no Natal Cultural, para pais e filhos em Portimão


A partilha da música entre pais e filhos... 
Inserido no 'Natal Cultural, para pais e filhos' em Portimão.

Crianças dos 6 aos 10 anos acompanhadas pelos pais.

Esta oficina promove a compreensão musical nas crianças, e tem como requisito fundamental a participação dos pais. Através de actividades que estimulam o sentido do ritmo e da melodia, proporciona-se um momento interactivo em família estimulante e alegre.

Oficinas orientadas por: Inês Rosa e Francisco Brazão.

Inscrição prévia: Casa Manuel Teixeira Gomes

Mail : gabinete.patrimonio@cm-portimao.pt This e-mail address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it

Telf. : 282 458 061 / 927 246 318

Segundo Edwin Gordon - investigador norte-Americano, autor de importantes trabalhos no domínio da Psicologia da Música e da Pedagogia Musical - é importante compreender a música para a poderem aprender e apreciar, ouvir e participar na música que acham boa, e é através dessa percepção que a vida ganha mais vida.

Organização: C M Portimão / Casa Manuel Teixeira Gomes

Co-produção: Associação Música XXI/ Archimousiké

domingo, 5 de dezembro de 2010

Balanço do IV Festival de Órgão Faro 2010

Depois de 4 concertos que esgotaram nos sábados de Novembro a Igreja do Carmo e a Sé Catedral, o Festival de Órgão de Faro despede-se até para o ano.

Em 2010, os concertos foram bastante ricos e variados na diversidade de escolas organísticas, de repertório apresentado e de músicos com diferentes experiências nacionais e internacionais. Depois da apresentação do jovem João Segurado que se deslocou da Suécia para revelar a sua técnica, seguiu-se o agradável concerto de música de câmara que juntou órgão e voz com Daniel Oliveira e Susana Duarte. Bastante aguardado foi também o concerto de Edite Rocha, a primeira representante feminina no curriculo do Festival. Para encerrar, o italiano Luca Antoniotti mostrou porque tem uma intensa actividade organística que o leva a visitar regularmente as grandes catedrais europeias com a sua música.

Em 2011, não faltarão as novidades e ideias por parte da Associação Música XXI, que já revelou um pouco da 5ª edição do Festival.

No próximo ano, prevê-se a continuidade dos concertos de órgão com música de câmara (abraçando novos timbres), uma maior aposta no público estrangeiro residente no Algarve, o alargamento das parcerias e patrocínios, e ainda a participação de um cabeça-de-cartaz que coloque definitivamente Faro na rota internacional dos Festivais de Órgão.

Com todos estes ingredientes, a Associação Música XXI e os co-organizadores Direcção Regional de Cultura do Algarve e Câmara Municipal de Faro esperam que o aumento da participação de privados no apoio ao Festival de Órgão - Faro 2011 seja uma realidade.

Organização
Associação Cultural Música XXI
Direcção Regional de Cultura do Algarve
Câmara Municipal de Faro

Patrocínios
STAP
ANA Aeroporto do Algarve

Parceiros de comunicação
Jornal “Barlavento”
Rádio “RUA FM”

Agradecimentos
Venerável Ordem Terceira de Nossa Senhora do Monte do Carmo
Cabido da Sé de Faro

terça-feira, 23 de novembro de 2010

27 Novembro: IV Festival de Órgão Faro 2010

 

É já este sábado, dia 27 Novembro, às 21h30 na Igreja da Sé, o último concerto do Festival de Órgão. Foi um prazer partilhar com todos os algarvios e visitantes a magnificência do instrumento, aliada à espiritualidade e beleza do espaço envolvente.

Este último recital promete manter os momentos inesquecíveis desta edição do festival, privilegiando a excelência na execução, interpretação e qualidade de formação dos intérpretes, a abrangência e diversidade geográfica e temporal das obras.
Para tal, teremos na Igreja da Sé o organista italiano Luca Antoniotti.

Com um programa para o recital de compositores como:
- Escola holandesa - j. P. Sweelinck (1562-1621),
- Escola Alemã - D. Buxtehude (1637-1707),
- Escola italiana - G. Frescobaldi (1583-1643) e M. Rossi (1602-1656),
- Escola Francesa - uma novidade no programa musical do Festival, por M. Marais (1656-1728),
- encerrando com o compositor português Pedro de Araújo (1610?-1684), que se insere na tradição organística ibérica, mas com afinidades ao estilo italiano.

Luca Antoniotti nasceu em Vercelli em 1964. Obteve o Diploma em Órgão e Composição organística no Conservatório de Turim na classe de L. Fornero (1987). Em Genebra obteve, em 1990, um Primeiro Prémio em Órgão e o Prémio Barblan sob a orientação de Lionel Rogg, no Conservatório Superior. Paralelamente, estudou baixo contínuo e música antiga (C. Jacottet) e Direcção de Coro (classe de Michel Corboz). Frequentou diversos cursos de aperfeiçoamento e masterclasses em Itália e no estrangeiro, com T. Koopman, L. F. Tagliavini, M. Radulescu, Daniel Roth, P. Kee, E. Kooiman.

Obteve numerosos prémios e distinções em importantes concursos internacionais: Leipzig (Prémio Bach, 1992), St. Albans (1991), Bruges (1991 e 1994), Carouge (1990), Paisley (1990), 1.º Prémio do Concurso Internacional da Suiça 1997, 1o Prémio do Concurso Internacional de Roma 1997.
Efectuou gravações discográficas e para a RAI-TV, Rádio Suisse Romande, Bayerische Rundfunf, Rádio Belga e NBC. Desenvolve uma intensa actividade concertística em importantes sedes internacionais: Berlim (Schauspielhaus), St. Bavo Haarlem, St. Albans Cathedral, Catedral de Riga, Leipzig (Gewandhaus, Thomaskirche), Bruges (Festival da Flandres), Semanas Musicais de Nuremberga, Genebra (Victoria Hall e Catedral), King’s Colledge Cambridge, Calgary International Organ Festival, entre outros.


Programa do Festival:
06 Nov 2010 - 21h30 - Igreja da Sé
João Segurado

13 Nov 2010 - 21h30 - Igreja do Carmo
Daniel Oliveira + voz soprano
(Susana Duarte)

20 Nov 2010 - 21h30 - Igreja do Carmo
Edite Rocha

27 Nov 2010 - 21h30 - Igreja da Sé
Luca Antoniotti

Organização
Associação Cultural Música XXI
Direcção Regional de Cultura do Algarve
Câmara Municipal de Faro

Patrocínios
STAP
ANA Aeroportos Algarve

Parceiros de comunicação
Jornal “Barlavento”
Rádio “RUA FM”

Agradecimentos
Venerável Ordem Terceira de Nossa Senhora do Monte do Carmo
Cabido da Sé de Faro

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

IV Festival de Órgão Faro 2010


Vídeos do Festival:
http://www.digitalmaistv.com/index.html?id=1432
http://www.digitalmaistv.com/index.html?id=1403
http://www.facebook.com/MusicaXXI#!/video/video.php?v=165906516776118&comments

06 Novembro
O primeiro concerto do Festival de Órgão, realizado por um jovem talento de 26 anos, João Segurado, é licenciado em órgão pela Escola Superior de Música de Lisboa (órgão e improvisação com António Esteireiro). Actualmente é doutorando na Universidade Técnica de Luleå (norte da Suécia), onde desenvolve um projecto de investigação artística referente ao processo de entonação do novo órgão na sala de concertos Studio Acusticum, em Piteå (Suécia). Tem tocado em Portugal, Espanha, Suécia, Alemanha e Noruega e ganho vários prémios internacionais.
 
13 Novembro
A Igreja do Carmo (Faro) foi palco do segundo concerto, um belo dueto (órgão e voz) com o organista Daniel Oliveira e com a soprano Susana Duarte. 
O concerto contempla um programa musical do século XVII e XVIII, com especial enfoque para compositores portugueses como António Carreira, Carlos Seixas, João Rodrigues Esteves. O património musical internacional estará marcado pelos compositores J.S.Bach, G.F. Haendel, Francesco Gasparini, entre outros. 

20 Novembro
O próximo concerto, dia 20 Novembro, às 21h30 na Igreja do Carmo, será o primeiro recital de órgão de uma artista feminina no Festival de Órgão. 

Edite Rocha apresenta-nos um programa musical do século XVI a XVIII. Poderemos ouvir compositores ingleses como William Byrd ou John Bull (reinado da Rainha Elizabeth I).
Difundir a música original composta para órgão por compositores portugueses é um dos objectivos do festival, e, Edite Rocha, apresentará os compositores: António Carreira, Pedro de São Lourenço, Manuel Rodrigues Coelho ou Fr. Manuel de Santo de Elias. 

Programa do Festival:
06 Nov 2010 - 21h30 - Igreja da Sé
João Segurado

13 Nov 2010 - 21h30 - Igreja do Carmo
Daniel Oliveira + voz soprano
(Susana Duarte)

20 Nov 2010 - 21h30 - Igreja do Carmo
Edite Rocha

27 Nov 2010 - 21h30 - Igreja da Sé
Luca Antoniotti

Organização
Associação Cultural Música XXI
Direcção Regional de Cultura do Algarve
Câmara Municipal de Faro

Patrocínios
STAP
ANA Aeroportos Algarve

Parceiros de comunicação
Jornal “Barlavento”
Rádio “RUA FM”

Agradecimentos
Venerável Ordem Terceira de Nossa Senhora do Monte do Carmo
Cabido da Sé de Faro

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

20 Novembro: IV Festival de Órgão Faro 2010


A Igreja do Carmo (Faro) foi palco do segundo concerto, um belo dueto (órgão e voz) com o organista Daniel Oliveira e com a soprano Susana Duarte.

O próximo concerto, dia 20 Novembro, às 21h30 na Igreja do Carmo, será o primeiro recital de órgão de uma artista feminina no Festival de Órgão.

Edite Rocha apresenta-nos um programa musical do século XVI a XVIII. Poderemos ouvir compositores ingleses como William Byrd ou John Bull (reinado da Rainha Elizabeth I).
Difundir a música original composta para órgão por compositores portugueses é um dos objectivos do festival, e, Edite Rocha, apresentará os compositores: António Carreira, Pedro de São Lourenço, Manuel Rodrigues Coelho ou Fr. Manuel de Santo de Elias. 

Edite Rocha concluiu a Licenciatura em Ensino de Música - Órgão, sob orientação do Professor Doutor João Pedro de Oliveira e Prof. Domingos Peixoto na Universidade de Aveiro e com Jean-Christophe Revel no âmbito do programa Erasmus no Conservatoire National de Région de Musique, Danse et Art Dramatique de Perpignan (França). Em 2004 concluiu o Diploma de solista no ramo de Renascimento/Barroco (Órgão) numa das mais conceituadas Escolas Superiores de Música Antiga, Schola Cantorum Basiliensis (Basileia, Suíça) sob orientação dos Professores Jean-Claude Zehnder e Andrea Marcon, com o apoio do Gabinete das Relações Internacionais do Ministério da Cultura e em 2010 concluiu o Doutoramento em Música na Universidade de Aveiro sob orientação dos Professores Doutores João Pedro de Oliveira e Rui Vieira Nery, com o apoio da Fundação para a Ciência e Tecnologia. Actualmente realiza um pós-doutoramento na Universidade de Aveiro e Oxford sob o apoio da FCT; é investigadora no INET-md; é presidente da direcção da Associação Musical Pro-Organo (AMPO) e lecciona a disciplina de Órgão no Departamento de Comunicação e Arte (DeCA) da Universidade de Aveiro.



Programa do Festival:
06 Nov 2010 - 21h30 - Igreja da Sé
João Segurado

13 Nov 2010 - 21h30 - Igreja do Carmo
Daniel Oliveira + voz soprano
(Susana Duarte)

20 Nov 2010 - 21h30 - Igreja do Carmo
Edite Rocha

27 Nov 2010 - 21h30 - Igreja da Sé
Luca Antoniotti

Organização
Associação Cultural Música XXI
Direcção Regional de Cultura do Algarve
Câmara Municipal de Faro

Patrocínios
STAP
ANA Aeroportos Algarve

Parceiros de comunicação
Jornal “Barlavento”
Rádio “RUA FM”

Agradecimentos
Venerável Ordem Terceira de Nossa Senhora do Monte do Carmo
Cabido da Sé de Faro

Ciclo de Concertos "Histórias para Instrumentos" em Portimão




A última história para instrumentos a ser contada é de RUI AFONSO (Percussões tradicionais) - "Panfonia e o Silêncio" - na Casa Manuel Teixeira Gomes, em Portimão, no dia 20 de Novembro 2010, às 11h00.

As inscrições são limitadas e deverão ser efectuadas pelo seguinte contacto telef.:
282 480 490.

Neste conto/concerto que a Associação Cultural Música XXI nos traz, a personagem principal da história acaba por ser o instrumento musical.

Através da sua voz (que é a música) vai comunicar connosco e com as restantes personagens destes contos. A história é original e foi escrita por cada um dos músicos intervenientes.

Porque a música também sabe contar histórias.

O Ciclo de Concertos "Histórias para Instrumentos" é uma organização do Município de Portimão, com produção da Associação Cultural Música XXI.

Idealizados e planificados por Paulo Cunha, estes contos/concertos estão destinados a crianças dos 3 aos 5 anos de idade, com o objectivo de estimular o uso da música como linguagem; interligar a música ao texto e à narrativa.

Promover a inter e trans-disciplinaridade (música - drama - literatura). Estimular e reforçar a aprendizagem das várias competências adquiridas nos infantários (forma, numeração, cor, alfabeto, etc.).

Estimular a capacidade de abstracção, incentivar o gosto pelas expressões artísticas e promover a audição passiva e activa.

Ensinar a identificar morfologicamente e o timbre dos instrumentos.

Criar novos públicos na área da música, do drama e da leitura.